Lionard Luxury Real Estate Apresenta O Palácio Em Veneza Em Tempos A Casa De La Tempesta De Giorgione | Lionard 

Lionard Luxury Real Estate apresenta o Palácio em Veneza em tempos a casa de La Tempesta de Giorgione

Mais de 6.000 mq de interiores com os tetos originais decorados em estuque, ouro e afrescos, vidros policromados e pisos em mosaico

14 Setembro 2017
Palácio em Veneza Nas salas do esplêndido palácio veneziano, Donà Giovannelli, decorado com estuque e pinturas, encontrava-se uma das obras mais enigmáticas da história da arte: La Tempesta de Giorgione. A pintura chegou à mansão em 1875 quando o príncipe veneziano, Giuseppe Giovannelli, então proprietário do palácio, a comprou para a sua coleção da nobre família Manfrin, pagando 27.000 liras, conseguindo "roubá-la" ao Museu de Berlim que tinha oferecido o mesmo valor sem conseguir concluir o negócio por um atraso no pagamento. A obra de arte permaneceu no palácio até 1932, quando a família teve que a vender ao Estado italiano por cinco milhões de liras devido a graves perdas financeiras. Atualmente La Tempesta encontra-se exposta na Gallerie dell'Accademia di Venezia.
O Palácio Donà Giovannelli é uma propriedade de grande prestígio em Veneza. Localizado a poucos metros do Grande Canal, o edifício, construído entre os séculos XV e XVI, pertenceu a algumas das famílias mais famosas da aristocracia veneziana e em 1538 foi doado a Francesco Maria della Rovere, Duque de Urbino, que fez dele a sua residência.
Hoje, este magnífico palácio é uma das propriedades que a Lionard Luxury Real Estate tem para venda. Construído como uma residência privada, o edifício presta-se para ser transformado num luxuoso hotel numa das mais belas cidades de arte italianas.
Localizado na confluência de dois canais, ele tem duas fachadas: a principal em estilo gótico veneziano tardio, e a outra, com cerca de 40 metros, resultado de várias épocas. Do portal monumental tem-se acesso a um pátio em redor do qual se desenvolve a casa que possui cinco andares e uma superfície total de 6.125 mq de interiores mais 700 de jardins, pátios e pórticos. Do piso térreo uma escada octagonal conduz aos pisos superiores onde residiu o príncipe Giovannelli, que com os seus 1.300 mq é o maior em Veneza. Os tetos dourados e originais, decorados com estuques e pinturas, as janelas policromadas e os pisos em mosaico, criam uma atmosfera única e intemporal.