CASTELO MEDIEVAL PARA VENDA EM PIEMONTE

41 Fotos
O encantador castelo medieval para venda entre as cidades de Turim e Alexandria, em Itália, remonta ao ano 1000 e encontra-se imerso num maravilhoso parque com árvores centenárias e com vista para as colinas de Monferrato. O castelo para venda tem um corpo principal com uma parte superior ameada e com uma torre quadrangular que termina num pequeno pórtico. No decorrer dos séculos a estrutura foi submetida a diversas alterações que remontam ao séc. XVIII, como as janelas em arco no topo da torre, as varandas de pedra da fachada e a reconstrução da escadaria e do salão da receção. No mesmo período a parte mais antiga do castelo de prestígio foi readaptada para realizar uma grande sala de jantar em estilo neogótico com o teatro e afrescos com os episódios de Dom Quixote. Além disso, a partir do interior de um grande pátio, foi realizada uma pequena capela consagrada até hoje. 
A histórica residência medieval é composta por uma parte fortificada e por uma parte de serviço. A parte fortificada é a mais prestigiosa e é composta por maravilhosos salões com afrescos e baixos-relevos, a capela privada e um pátio interior. No nível superior, encontram-se três apartamentos e uma parte do serviço. O andar nobre possui duas suites com afrescos pintados nas paredes, o "quarto do Rei", ou seja, uma suite com uma varanda do séc. XVIII, dois salões do século XVIII com uma lareira, um salão de baile, uma sala de música, uma biblioteca e um pátio. A parte das casas de luxo, possui oito quartos e um salão convertido num teatro. A parte de serviço é composta por ex estrebarias que formam um pátio fechado e que, atualmente, são utilizadas como armazéns e garagens, mas acomodam, também, um apartamento com terraço destinado ao guarda. 
Adjacente ao castelo na região do Piemonte, em Itália, encontra-se uma hospedaria construída no séc. XVI e recentemente restaurada. Esta é composta por três estruturas que definem um grande pátio e que acolhem 12 quartos com casa de banho decorados com mobiliário antigo, uma sala de estar com lareira, uma sala para os pequenos-almoços e os espaços de serviço, tais como uma cozinha, uma despensa, banheiros e arrecadação. Uma cozinha, uma sala de estar com lareira e uma sala de jantar são os lugares comuns à disposição dos hóspedes. A cave pode ser utilizada, em parte, para a realização de outros quartos, de um centro de bem-estar, bem como de outros tipos de alojamentos, enquanto uma parte é destinada ás adegas e utilizada na atividade das fazendas. A propriedade de luxo é composta por 19 hectares de terreno, subdivididos entre parque secular com árvores altas, avenidas, sebes de delimitação, uma belíssima piscina e parcelas de terreno dedicadas à fazenda. As alterações arquitetónicas e o perfeito estado de manutenção, fizeram com que a propriedade seja, ainda hoje, um dos mais belos castelos de Itália. 
Informações Técnicas
Região: Piemonte 
Município: Entre as cidades italianas de Turim e Alexandria
Localização : Casal Monferrato

Tipologia: Venda castelo - Castelos em Turim
Superfície interior: 5.962 m²
Superfície exterior: 19 hectares

Castelo: 4.407 m² + 4 ha de parque e bosque
Hospedaria: 1.357 m² + 700 m² de pátio
Fazenda:198 m², 15 ha de Piscina aquecida
Campo de ténis
Capela
Teatro não equipado
Adegas para a produção de vinho 
Possibilidade de realização de uma plataforma para helicópteros.

Piemonte - Casal Monferrato: Alexandria 45 km - Turim 56 km - Génova 124 km - Milão 105 km – Clube de Golfe "Suéter" 10 km - Aeroporto de Turim 61 km - Estabelecimentos termais 50 km - Saída da Autoestrada: saída de Casale Monferrato Nord km 12. 

Ref: 2339
Preço: 5M a 10M

moradia em turim

apartamentos para venda
prestigiada casa

Contactos

Para responder melhor ás vossas exigências, por favor preencha os campos abaixo, especificando a língua na qual gostaria de obter a resposta. A Lionard responder-lhe-á o mais rapidamente possível.

Nome *
Sobrenome *
Email*
Telefone*
Sociedad
LÍngua*
PaÍs *
Messaggio *
Privacy *
Aceito as condições do Decreto-Lei N° 196/03.

Tel.: +39 055 0548100

Alexandria

Alexandria, sede do maravilhoso castelo para venda, em Itália, foi fundada em meados do séc. XII pela Liga Lombarda com o objetivo preciso de ocupar uma posição estratégica e de impedir a entrada do marquês de Monferrato, Guglielmo o Velho, parente e seguidor de Federico I "Barbarossa" e, em conjunto com Milão, tornou-se o símbolo da irredutibilidade dos lombardos. Inicialmente teve o nome de "Civitas Nova"e, mais tarde, o apelido inventado pelos imperiais de Barbarossa "Alessandra della Paglia", que nos recorda que, em 1174, durante o lendário assédio do imperador, os telhados da cidade eram feitos de palha.
As aldeias perto da pequena cidade na Região do Piemonte, em Itália, estavam, de facto, em construção e fortificação na margem do Tanaro em redor da aldeia de Rovereto. Em vão, o Barbarossa assediou a cidade e quando as suas tropas derrotadas se retiraram, esta foi denominada deste modo em honra do Papa Alexandre III, o protetor da Liga. Posteriormente, tornou-se parte do Império, tomando por um curto período, o nome de "Cesarea". Tornou-se um município livre do Piemonte em 1198. Em seguida, o destino do Ducado de Milão: em 1348 passou para a família dos Visconti, dos Sforza e dos Spagnoli. Conquistada pelo Príncipe Eugénio em 1707, foi cedida, em 1713, à Casa de Saboia, que a fortaleceu de modo a torná-la uma importante praça estratégica e baluarte da região italiana do Piemonte. Remonta, a este período, a "Cittadella", que é um dos maiores exemplos da arquitetura militar do séc. XVIII italiano e entre as mais importantes da Europa. 
Foi mandada construir pelo Rei Vittorio Amedeo II. A partir de 1728, os trabalhos foram continuados pelo sucessor Carlo Emanuele III para serem completados pelos generais Marescot e Chasseloup; as defesas foram, ainda, reforçadas em meados do séc. XIX. Da Cittadella da aldeia do Piemonte, em Itália, o que atrai é a grandeza das paredes que possui um perímetro de três quilómetros e tem uma parede em planta hexagonal com fachadas nas muralhas, mas o complexo arquitetónico mais interessante é o que é oferecido pela grande praça de 30.000 m² nos quais se vêem os enormes e severos paralelepípedos dos edifícios dos séc. XVIII e XIX. Observando a estrutura do séc. XVIII da cidade de Alexandria, ampliada em 1859, e os testemunhos de um séc. XIX tipicamente militar, pensa-se áquela que era a grande fortaleza de um tempo que soube resistir, por mais de uma vez, ao assédio, fortaleza que atualmente é uma cidade respeitável, sede de maravilhosas residências de luxo e castelos de prestígio.