CASA DE LUXO PARA VENDA EM FLORENÇA

16 Fotos
A herdade que apresentamos hoje para venda situa-se no coração da paisagem campestre da região da Toscana, em Itália, no território dos municípios de Vinci e Cerreto Guidi que fazem parte da área denominada Terras do Renascimento. A história do prestigioso casal hoje transformado em residência de luxo remonta, de facto, ao Renascimento quando a área ocupada pela herdade estava coberta por uma densa mata selvagem e inacessível que lhe deu o nome de "Chiuso di Rozzalupi". Na era do Renascimento o lugar passou a ser propriedade de uma famosa e rica família florentina, os Adimari, que alargaram os confins do lugar, construíram a residência e destinaram-na à própria estação de caça. Desde então a residência Toscana preservou as próprias características típicas como demonstram a cabana da caça e um pequeno edifício destinado ao abrigo de aves de chamariz que deu o nome ao bosque: A Gaiola.
Esta casa de campo exclusiva para venda em Itália, apresenta uma estrutura de típico burgo agrícola toscano constituído por uma propriedade patronal e por duas casas de colonos com vista para a tradicional eira de memória camponesa. Cada sala foi cuidadosamente reestruturada respeitando o estilo rural toscano mas sem renunciar às comodidades modernas, além do acesso direto a uma grande piscina e aos parques, ao lago, ao picadeiro e às estrebarias. O terreno que rodeia a herdade em Florença estende-se por 45 hectares dos quais quatro são cultivados em oliveiral, um hectare em vinha, cinco hectares em pomar com pêssegos e alperces e o terreno que resta é usado como mata e semeadouro. 
Informações Técnicas
Região: Toscana
Município: Florença
Localização: Florença

Tipologia: Vilas para venda em Florença - Casais na Toscana
Superfície interior: 1.200 m²
Superfície exterior: 45 hectares

Casa de luxo patronal sobre dois andares: 400 m²
Duas casas de campo subdividas em sete apartamentos: 800 m²

Além de divisões acessórias e salas técnicas

Lago - Picadeiro com estrebaria e palheiro para reestruturar
Piscina
Terreno 45 ha

TOSCANA - Florença: Vinci 3 km - Florença 36 km - Pisa 46 km - Siena 79 km - Certaldo 20 km - San Gimignano 32 km - Clube de Golfe de Bellosguardo 3 km - Estabelecimentos Termais "La Culla" 14km - Instalações para esquiar 68 km - Aeroporto de Florença 33 km - Portagem da Autoestrada: A1 saída Scandicci km 20. 

Ref: 0095
Preço: € 6.500.000

casa de prestígio

casal para venda
casal em Florença

Contactos

Para responder melhor ás vossas exigências, por favor preencha os campos abaixo, especificando a língua na qual gostaria de obter a resposta. A Lionard responder-lhe-á o mais rapidamente possível.

Nome *
Sobrenome *
Email*
Telefone*
Sociedad
LÍngua*
PaÍs *
Messaggio *
Privacy *
Aceito as condições do Decreto-Lei N° 196/03.

Tel.: +39 055 0548100

Toscana - Florença


Toscana - Florença: O território de Cerreto Guidi era habitado desde a idade do Bronze como é testemunhado por algumas descobertas arqueológicas encontradas nos arredores do pântano de Fucecchio, relativamente a cabanas construídas 15 séculos a.C. por parte de populações que se dedicavam à pesca enquanto outras descobertas na zona de Corliano e Ripoli, atestam que esta região da Toscana, em Itália, era habitada também na época Romana.
As primeiras notícias sobre Cerreto Guidi "cuja zona era muito distante do traçado da Estrada Francigena", remonta à segunda metade do séc. VIII (em 780) em referência à Abadia de San Savino às portas de Pisa com o nome de Cerreto em Greti que permaneceu em uso até 1079.   
A cidade situada a meio caminho entre Florença e o esplêndido mar de Castiglioncello mudou o seu nome com a chegada dos Condes Guidi os quais construíram um castelo. Foi numa época mais recente, mais precisamente no séc. XIII que Cerreto Guidi conheceu um período de desenvolvimento. Graças à famosa família Toscana dos Médicis que fez do burgo um dos seus lugares preferidos, entrou a fazer parte da República de Florença seguindo todos os acontecimentos.  
O lugar muito perto de Florença, em Itália, era evidentemente apreciado pela família dos Médicis e, em particular, por Cósimo I, que no séc. XVI mandou construir sobres as ruínas do antigo Castelo dos Condes Guidi uma esplêndida residência. A Residência dos Médicis ocupa ainda hoje uma posição central e dominante no que respeita ao lugar que conserva ainda a forma circular do Castelo de Cerreto, as suas antigas muralhas e as quatro portas (Porta a Palágio, Porta Florentina, Porta de Santa Maria a Pozzuolo e Porta Caracosta) que dão hoje o nome aos quatro bairros durante uma das várias manifestações e reevocações de folclore histórico como o tradicional Palio da Azinheira.